Domingo
17 de Outubro de 2021 - 

NOTÍCIAS

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,45 5,45
EURO 6,32 6,32
PESO (URU) 0,12 0,12

Prova de vida: 402,2 mil segurados do INSS no Rio correm risco de ficar sem benefícios

Com o Jair Bolsonaro à do Instituto Nacional do Seguro Social () até dezembro, no  têm que correr contra o relógio e fazer a atualização cadastral obrigatória nos para não terem suas aposentadorias ou pensões suspensas.  De acordo com o INSS, dos três milhões de segurados que têm que fazer a prova de vida no Estado do Rio, 2,16 milhões já a fizeram em 2021; 447,8 mil estão com a atualização cadastral ainda válida e 402,2 mil estão com o procedimento pendente, segundo dados de 14 de setembro.   e variam conforme o mês em que a prova de vida venceu ou vai vencer. Por exemplo, aposentados com a prova de vida vencida em setembro ou outubro de 2020 devem realizar o procedimento até o dia 30 de setembro deste ano. Em outubro, será o último mês para quem teria que fazer a comprovação em novembro e dezembro de 2020.​  No entanto, segundo informações do INSS, caso haja bloqueio do benefício por falta de prova de vida, o segurado deverá solicitar sua reativação do benefício, de forma remota, por meio do Meu INSS (site ou aplicativo). O segurado pode informar seus documentos pessoais, como número de identidade, CPF e comprovante de residência, no próprio requerimento inicial. De acordo com o INSS, além do requerimento de reativação, o segurado deverá se dirigir ao banco para o recadastramento.  O beneficiário ou um parente pode agendar, pelo telefone 135 ou pelo Meu INSS, uma visita de um funcionário do órgão. Os segurados com biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Detran podem fazer o procedimento pelo Meu INSS.   Em julho, havia 7.308.698 aposentados, pensionistas e outros beneficiários com a atualização cadastral pendente. . Desde o ano passado, 31.259.263 beneficiários se recadastraram no país. Do total, 24.690.973 foram em 2021 e outros 6.568.290 realizaram o procedimento em 2020.   Procedimento nos bancos . Outros exigem a apresentação de um documento com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de habilitação) a um funcionário para que a atualização de dados seja concluída. Em geral, os bancos informam aos beneficiários sobre a necessidade de recadastramento por meio de mensagens informativas apresentadas nos meios eletrônicos de relacionamento com os clientes. A data para o recadastramento anual varia de banco para banco. Na Caixa Econômica e no Itaú Unibanco, por exemplo, o vencimento da prova de vida ocorre até um ano do último recadastramento realizado. Já no Banco do Brasil, é feita no mês de aniversário do beneficiário. O Bradesco, por sua vez, leva em conta o mês em que o cliente recebeu o primeiro pagamento do benefício. E no Santander, o vencimento da prova de vida ocorre anualmente com base na data da concessão da aposentadoria do INSS.
Visitas no site:  2426284
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.